Mulher pede para o marido diminuir o volume do som e é espancada em Arapiraca.

Suspeito não foi encontrado.

Por Ranjelio 08/12/2023 - 10:40 hs
Foto: Ilustração

Uma guarnição do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi acionada por meio do Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) para averiguar uma possível situação de violência contra a mulher em um endereço localizado próximo à Paineiras Construções, no bairro Senador Nilo Coelho, no município de Arapiraca.

Ao chegar ao local indicado, os policiais encontraram a solicitante, que relatou ter sido vítima de agressão física por parte de seu companheiro. Segundo o relato da vítima, seu marido chegou em casa embriagado e, após ela pedir para diminuir o volume de um som, acabou sendo agredida fisicamente pelo mesmo.

A vítima informou às autoridades que o suspeito deixou o local após as agressões. Diante da situação, a Guarnição realizou buscas na região na tentativa de localizar o agressor, porém, não obteve êxito.

Os policiais registraram o ocorrido e orientaram a vítima a formalizar um Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil, fornecendo apoio e assistência à mulher.

É importante destacar que em Alagoas, as mulheres contam com uma ferramenta online - Ártemis -, mantida pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), para denunciar casos de agressão e solicitar medidas protetivas de forma mais célere, pulando algumas etapas que, muitas vezes, podem desencorajá-las. Para saber como usar, clique aqui.

Veja a matéria original.