Moradores do Brisa do Lago ganham Centro de Gestão e Negócios.

Após um processo de incubação empreendedora, oito moradores do conjunto realizaram o sonho de abrir o seu próprio.

Por Ranjelio 13/12/2017 - 07:15 hs
Foto: Ascom/ Arapiraca

Através de uma parceira entre o município de Arapiraca e o Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal, com o Projeto de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Território (DIST), a partir desta terça-feira (12) o residencial Brisa do Lago conta com o Centro de Gestão e Negócios, onde oito moradores do conjunto – após um processo de incubação empreendedora – utilizam seus talentos para movimentar a economia local.

No galpão cedido pela prefeitura, é possível encontrar empresas nos ramos de confecções, beleza, informática, serviços de limpeza doméstica e empresarial, alimentos, cultura, esporte e lazer e inclusão financeira. São oito estabelecimentos que receberam investimentos do DIST, implantado, no primeiro momento, em apenas 11 cidades do Brasil, sendo Arapiraca a primeira em Alagoas e a segunda no Nordeste.

Com investimentos na ordem de R$ 2 milhões, o projeto, por meio de uma parceria com o Sebrae, capacita, há alguns anos, os moradores interessados em abrir o seu próprio negócio. É o caso da Valdirene Tavares, 38 anos, mãe e esposa, que passou de desempregada e sem expectativa de vida a proprietária do Espaço Brisa Hair, salão de beleza que oferece serviços de química, corte e escova, mas a intenção da empresária é ampliar essa oferta.

“Eu me capacitei no básico mas já estou procurando cursos mais específicos, como o de luzes”, afirmou Valdirene. “Eu estou me sinto muito feliz, realizada, sempre gostei da área e abrir um salão de beleza é a realização de um sonho”, comemorou a empresária, que atendeu durante um ano os clientes em sua casa.

Já a BDL Confecções, formada por dez mulheres, fornece produtos de cama, mesa e banho, tanto para pronta entrega como por encomenda. Agora, devida instaladas no Centro, o plano é começar a produzir fardamentos.

E para auxiliar financeiramente essas empreendedoras e apoiar suas iniciativas, foi criado em 2016 o Banco Comunitário Brisa do Lago, que oferece empréstimo para pessoas físicas e jurídicas, sendo de R$ 100 a R$ 2 mil para a categoria individual e de no máximo R$ 5 mil para empresas.

A superintendente de Assistência Social do município de Arapiraca, Fabrísia Amaral, representando o prefeito Rogério Teófilo durante a solenidade de inauguração do Centro, falou que a vocação empreendedora dos arapiraquenses é destaque no Brasil todo e independe de classe social.

Como assistente social, Fabrísia disse que o caminho da geração de emprego e renda para os pais de famílias e ocupação para os jovens, através do esporte e lazer, é o indicado para evitar envolvimento com drogas e crimes e inseri-los na sociedade.

“Temos um Cras [Centro de Referência de Assistência Social] aqui no Brisa do Lago e o nosso objetivo é justamente esse, tornar a comunidade autossustentável”, afirmou a superintendente. “O meu sentimento é de muita esperança, através desse espaço vamos fortalecer o vínculo entre as famílias e melhorar a qualidade de vida de todos”, completou.

O presidente da Associação dos Empreendedores do Residencial Brisa do Lago (Assem) e do Fórum de Desenvolvimento do Residencial, Alex Amaro, convida todos os arapiraquenses para conhecerem o espaço e valorizarem o serviço dos moradores, adquirindo os seus produtos como forma de incentivo.

Serviço:

O Centro de Gestão e Negócios do Brisa do Lago funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 18h, na rua Cacilda Soares, número 148.