Manoel André Correia dos Santos.

Fundou Arapiraca em 1848.

Por Ranjelio 01/11/2017 - 08:14 hs
Foto: Arquivo Pessoal

Manoel André Correia dos Santos, nascido em 1815, filho do português Gabriel Cortês Correia dos Santos. Viveu no município de Anadia até 1845, quando casou-se com Maria Isabel da Silva Valente em Cacimbinhas . Fundou Arapiraca em 1848. Por Manoel André não ser fácil construir sua casa de modo imediato, ficou certo tempo arranchado sob uma Arapiraca, que deu origem ao nome da cidade. Os primeiros anos em que Manoel André viveu em Arapiraca foram de grandes dificuldades: sem vizinhos, sem estradas, coube a ele criar as condições para fazer o seu lugar ser conhecido, preparando roças e abrindo caminhos. Em 1855 faleceu sua esposa, D. Maria Isabel da Silva Valente deixando sob seus cuidados cinco filhos: José, Vicente, Florêncio, Maria e Josefa. Criou o 1º cemitério de Arapiraca ao sepultar sua esposa em 1855, foi sobre esta sepultura que Manoel André construiu a Capela de Nossa Senhora do Bom Conselho. Casou-se pela segunda vez com Rosa Martins da Silva, da qual nasceram três filhos: Belarmino, Fausto e Umbelina. Casou-se pela terceira vez com Luisa Maria da Paixão. Viveu 75 anos, morrendo em 1890.