Vereadores se reúnem na Câmara e discutem melhorias para o município de Arapiraca

Por Chrislayne 28/06/2017 - 11:04 hs
Foto: Assessoria

Durante a sessão da Câmara Municipal de Arapiraca, realizada na noite dessa terça-feira (27), a vereadora Gilvania Barros (PMDB), solicitou à administração municipal a doação de um terreno para a construção da sede própria da Associação Café e Acolhimento Santíssimo Redentor de Apoio aos Portadores de Câncer e outras doenças graves.
Em sua justificativa, Gilvania Barros destaca a importância da entidade no atendimento aos portadores dessas doenças, principalmente pelo trabalho humanitário de todos os envolvidos.
O pedido para a construção recebeu o apoio da presidente Professora Graça, lembrando que é de sua autoria o projeto, tornando de Utilidade Pública aquela instituição, que muito vem contribuindo não só para Arapiraca, mas para todo o Sertão e Agreste de Alagoas, onde cerca de 20 pessoas trabalham diuturnamente, voluntariamente, dando apoio aos familiares dos pacientes, concluiu ela.
Também foi aprovada indicação dos vereadores Fábio Henrique e Léo Saturnino, solicitando à secretaria estadual de Saúde de Alagoas, que em parceria com a secretaria municipal de Saúde de Arapiraca, solicitaram a criação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), tipo consorciada na região metropolitana do Agreste.
Em sua justificativa, ele defende que por receberam o atendimento em Arapiraca, municípios do Agreste possam também arcar com as despesas financeiras.
Os vereadores Willomaks da Saúde, Léo Saturnino, Dr. Fábio, Rogério Nezinho e o Pastor Marcos Caetano também se manifestaram sobre o assunto, onde demostraram sua preocupação, em que não se faça mais um elefante branco no município, e que esse mesmo consórcio seja cumprido por todos os envolvidos.
O requerimento foi assinado por todos os vereadores, solicitando ao governador Renan Filho apoio financeiro governamental para a Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA).
Os vereadores entendem que a atual crise, por que passa o clube, necessita urgente de uma ajuda financeira, principalmente para quitar dívidas dos jogadores e funcionários.
Essa ajuda , segundo os vereadores, também serviria para arcar com as despesas para a manutenção do Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca. As dívidas atuais provocam grande instabilidade que prejudica todo o trabalho da equipe técnica e diretiva do clube.
O vereador Sérgio do Sindicato disse que é preciso que o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) resolva o impasse que está existindo sobre quem paga as despesas do Instituto de Criminalística (IC), em Arapiraca, que tanto serve à sociedade arapiraquense e todo o Agreste e Sertão de Alagoas.
Sérgio do sindicato também falou sobre a greve dos professores que vem deixando cerca de 35 mil alunos sem aula desde o início do ano.
Sergio do Sindicato disse que nenhum dos vereadores têm filhos estudando em escolas do município, por isso, talvez, não estejam sentindo a situação.
Ele chegou a dizer, ainda, que vai entrar com um requerimento solicitando a folha de pagamento dos contratados que vêm mensalmente entrando na prefeitura, enquanto o prefeito diz que não pode arcar com as despesas do IC, um órgão de grande importância para Arapiraca.
O vereador Melquisedec defendeu uma melhor atenção por parte do Governo do Estado, quanto à instalação do IC em Arapiraca, lembrando que é dever do Estado a questão da Segurança Pública.
De acordo com ele, a falta de estrutura tem prejudicado bastante a realização de um bom trabalho, tanto da Polícia Civil, como na Militar, que precisam de apoio dos governos.
Ele concluiu sua fala sugerindo que o próprio governador Renan filho procure a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e distribua proporcionalmente as responsabilidades até entre os 52 municípios que serão atendidos pelo IC em Arapiraca.
A Professora Graça disse que apesar de todo o esforço produzido pela Câmara Municipal de Arapiraca, nas negociações entre o Sinteal e a prefeitura, se sente impotente por não poder exigir que o prefeito Rogério Teófilo conceda o reajuste salarial à categoria, como também não pode exigir dos professores o retorno para as salas de aula.
O vereador Fabiano Leão disse que ficou feliz em saber da participação de oito deputados em Arapiraca para discutir o assunto do IC em Arapiraca.
Segundo ele, se o prefeito Rogério Teófilo não tem condições de arcar com as despesas, como ele alega, que procure o governador Renan Filho e passe todas as informações.
Ele também lamentou que há cerca de seis meses o Estado já vem pagando o aluguel de uma casa que não está sendo usada.
Ele também lamentou a situação por que continua passando o setor de Educação em Arapiraca, onde os vereadores são cobrados diariamente por uma explicação, vinda de pais de mães de alunos que veem seus filhos perdendo o ano e sem estudar.
Outro assunto abordado por Fabiano Leão foi com relação aos buracos existentes nas ruas de Arapiraca, onde, segundo ele, a cidade parece mais uma tábua de pirulito, com tantos buracos.
Ele até chegou a brincar ao afirmar que, devido aos buracos, os veículos hoje não desenvolvem mais de dez quilômetros por hora, porque tem que desviar das crateras e que é preciso que o secretário Daniel Soares encontre uma solução urgente para o problema.

Por: Assessoria