Vereador solicita atendimento oftalmológico aos alunos do ensino fundamental

Por Chrislayne 22/06/2017 - 10:27 hs
Foto: Divulgação/ Ilustração

Durante a sessão da Câmara Municipal de Arapiraca, foi aprovada a indicação do vereador Léo Saturnino para que seja solicitada às secretarias municipais de Educação e Saúde, a efetivação do atendimento oftalmológico para os alunos do ensino fundamental da rede pública nas escolas ou nos consultórios oftalmológicos.
O vereador destacou que é preciso um maior planejamento por parte da secretaria de Saúde para atender a essa demanda, que, segundo ele, é muito grande, onde muitas famílias não têm a mínima condição de realizar um exame desse nos filhos.
O vereador Fábio Henrique apresentou indicação que foi aprovada, solicitando à secretaria municipal de Cultura Lazer e Juventude e também a SMTT, aumentar o entretenimento a população que frequenta o Bosque das Arapiracas.
De acordo com o vereador, muitas famílias em Arapiraca, não têm tantas opções para sair nos finais de semana e passam a maior parte do tempo em frente a uma televisão, sem poder fazer uma atividade física ou mesmo participar de atividades de lazer e entretenimento.
A indicação foi discutida também pela vereadora e presidente Professora Graça, lembrando que quando foi inaugurado, aquele local havia uma academia que oferecia gratuitamente atividades para os frequentadores dois dias na semana, com a presença de uma professora de educação física, dando todo o acompanhamento e orientações.
A vereadora Gilvania Barros falou do atendimento de trabalho de referência do Hospital Regional de Arapiraca e da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, com os leitos de Unidade de Terapia Intensiva e Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), com leitos para recém-nascidos.
Ela apontou, que apesar de todo o esforço e do trabalho realizado pelas equipes da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima e do Hospital Regional de Arapiraca, para os leitos do pré-natal, ainda é bastante reduzido, onde citou como exemplo, apenas dez leitos na Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima e tinham 19 crianças necessitando de cuidados médicos especializados.
Gilvania Barros fez um apelo para o Governo do Estado para que possa ampliar esses atendimentos.
Outro assunto discutido pela parlamentar foi a visita em que ela fez ao Call Center esta semana, quando acompanhou de perto o trabalho realizado por aquela empresa prestadora de serviço, que coloca Arapiraca no ranking das cidades que mais gera emprego e renda no Nordeste.
Ela encerrou, lembrando, que se sentia muito gratificada em poder fazer parte da história da Call Center, por ter sido ela, em 2014, a presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, a aprovar o projeto de instalação da Call Center no município Arapiraquense.
O Pastor Marcos Caetano usou uma metáfora para falar sobre a possibilidade do final da greve da educação em Arapiraca, ao citar que do mesmo jeito em que um paciente precisa da mangueira em um balão de oxigênio para sobreviver, o setor da Educação precisa de recursos.
Ele falou sobre os recursos que vão entrar no município, com a aprovação do projeto do IPTU, em Arapiraca, e disse que o setor de Educação estava na UTI, porém, com a posição da Câmara Municipal de Arapiraca, conseguiu colocar esse oxigênio, melhorando o seu estado de saúde com o desconto de 50% no pagamento dos tributos.

Vacinação

O vereador Melquisedec de Oliveira apresentou indicação aprovada por unanimidade, solicitando a secretaria municipal de Saúde a vacinação contra a pneumonia, nos idosos das comunidades rurais.
De acordo com vereador, a sua indicação foi em atenção a um pedido de um aposentado da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Arapiraca, que lhe mostrou a importância da necessidade desse atendimento prioritário para o homem das comunidades rurais.
A indicação foi discutida pelos vereadores Willomaks da Saúde, que solicitou uma melhor discussão sobre o assunto e também do vereador Léo Saturnino, que alertou para que a secretaria municipal de Saúde resolva o problema, destacando a falta de medicamentos nos postos de saúde e cobrou do setor, uma melhor atenção para a população.
A presidente Professora Graça apresentou Voto de Pesar pelo falecimento da professora Renilda Albuquerque Nunes, mais carinhosamente conhecida por Rena e que fazia parte do quadro de diretores do Sinteal.
Professora Graça disse que a Professora Renilda dedicou toda a sua vida à Educação e a própria família, que nunca mediu esforços para ajudar as pessoas e que sempre lutou pela categoria, onde nunca se deixou abalar pelas dificuldades.
Ao finalizar, Professora Graça disse que não apenas a família de Albuquerque Nunes perde um membro importante, mas toda a sociedade arapiraquense, que hoje está de luto com esta perda irreparável.