Parlamentares cobram soluções à Casal para o abastecimento de água em Arapiraca

Por Chrislayne 22/05/2017 - 16:46 hs
Foto: Divulgação
Parlamentares cobram soluções à Casal para o abastecimento de água em Arapiraca
Casal trabalha para substituir o equipamento até o final do dia, quando o abastecimento será normali

Deputados estaduais e vereadores de Arapiraca realizaram um audiência na Câmara de Arapiraca nesta segunda-feira (22) para debater a deficiência do abastecimento de água na capital do Agreste. De acordo com o deputado Rodrigo Cunha (PSDB), idealizador da ação, o objetivo é colher informações junto a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) para decidir quais medidas aplicar em busca de soluções. 

Em audiência, foi discutido quais investimentos já foram realizados este ano para a melhoria do abastecimento e quais estão para se aplicar até o final de 2017. "A ação foi iniciada hoje com a audiência, mas não se encerra por aqui. As pessoas precisam ter um resultado positivo com os investimentos, porque na prática o que ocorre é que a população acorda de madrugada para conseguir água, carrega balde na cabeça e toma banho de cuia. É necessário que cada parlamentar fiscalize para que esta audiência se reverta em prestação de serviço à população que é quem paga a conta no final do mês", reivindicou o deputado. 

Além de Rodrigo Cunha, estiveram na audiência os deputados estaduais Ricardo Nezinho, Tarciso Freire e Severino Pessoa, vereadores de Arapiraca e o vice-presidente da Casal, Francisco Beltrão. Este último apontou as fraudes como um dos problemas que precisam ser solucionados. A exemplo, ele citou os desvios de água nas zonas rurais para vendas em carros-pipa. 

"Todos da Casal se sentem responsáveis e vão conceder uma melhoria sem dúvida desse processo. A gente vê aqui que, a cada dois litros de água que a gente coloca na rede, um  é faturado e o outro é desviado. Não pode a cidade de Arapiraca está sem água e na zona rural, o cidadão está desviando água para vender em carros-pipa, abastecer seu açude, irrigar sua plantação", afirma o vice-presidente. 

De acordo com Beltrão, algumas medidas devem ser tomadas para a solução destes problemas. Dentre elas está o combate a perda de água com o transporte de flutuantes para locais mais profundos, porque, segundo ele, gera mais vazão nas adutoras e um acordo com a Eletrobras para solucionar as constantes faltas de energia. Além disso, o vice-presidente pede que a população denuncie casos de desvios irregulares de água e informe sobre vazamentos. 

Veja a matéria original.