Morte de suspeito de tráfico terá simulação em Arapiraca nesta terça-feira 23.

A morte do acusado aconteceu em julho do ano passado e a simulação da perseguição será feita pela Polícia Civil em Arapiraca.

Por Ranjelio 22/11/2021 - 19:17 hs
Foto: Ewerton Silva / Sete Segundos

A morte do suspeito de tráfico Marcelo Torres Pacheco, de 43 anos, ocorrida em uma troca de tiros com policiais militares será simulada em Arapiraca, nesta terça-feira (23), às 9 horas pela Polícia Civil, na Rua Maestro Antônio Barros Araújo, no bairro Planalto. Na ocasião, a rua será interditada por agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Arapiraca (SMTT).

A morte de Marcelo Torres Pacheco aconteceu em 29 de julho do ano passado, durante a apreensão de grande quantidade de droga dentro do veículo da vítima.

A simulação será realizada pela Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DHA), comandada pelo delegado Filipe Caldas, juntamente com uma equipe do Instituto de Criminalística (IC), comandada pelo chefe especial Wellington Costa Melo Filho. A reprodução simulada foi determinada pelo juiz Alfreto dos Santos Mesquita, da 5ª Vara Criminal de Arapiraca e pelo promotor José Alves de Oliveira Neto.

No carro do suposto traficante estavam 49 quilos de maconha em 76 tabletes e uma balança de precisão.

Efetivo da PC

Em apoio à Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DHA), o delegado-geral da Polícia Civil de Alagoas, Carlos Reis, determinou que será empregado efetivo da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), Asfixia e Tático Integrado de Grupos de Resgate Especial (Tigre), que manterá a segurança dos envolvidos no procedimento, juntamente com o Grupamento Aéreo da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP-AL).

De acordo com investigações, Marcelo Torres Pacheco foi abordado e não parou o veículo, iniciando-se uma perseguição, que terminou em tiroteio com policiais militares e, ao ser atingido, ele colidiu o carro em que dirigia contra uma residência e morreu.

Veja a matéria original.