IML de Arapiraca confirma que Kauã da Silva foi morto a golpes de arma branca.

O laudo descartou que o corpo tenha sido carbonizado.

Por Ranjelio 18/10/2021 - 18:15 hs
Foto: Reprodução

O menino Kauã da Silva, que foi encontrado morto na última sexta-feira (15), em uma estrada vicinal do Conjunto Habitacional Brisa do Lago, foi morto a golpes de arma branca, segundo aponta laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

A causa da morte foi divulgada na manhã desta segunda-feira (18) e, de acordo com o exame cadavérico, um instrumento perfuro-cortante foi utilizado para a execução. O perito responsável pela necropsia informou que a criança foi atingida com golpes na região do tórax e abdômem.

A hipótese de que o corpo poderia ter sido carbonizado foi descartada. Segundo o perito, as características que o corpo apresentou no dia em que foi encontrado foram motivadas pela exposição ao sol quente por mais de 10 dias.

Kauã havia desaparecido no último dia 3 de outubro da casa onde morava com a família, no próprio Conjunto Brisa do Lago. Segundo a irmã do jovem, ele teria saído de casa informando que voltaria logo.

Veja a matéria original.