Inscrições para PSS do programa Criança Feliz acontecem nesta segunda (20) e terça (21).

Ao todo, serão ofertadas 36 vagas mais cadastro de reserva para os cargos de nível médio e superior.

Por Ranjelio 20/09/2021 - 16:08 hs
Foto: Assessoria

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) do programa Criança Feliz/Programa Primeira Infância Cidadã começaram nesta segunda (20) e vão até amanhã (21). As inscrições para o PSS serão realizadas exclusivamente via Internet, neste endereço eletrônico, entre às 00h01m do dia 20 de setembro de 2021, e às 23h59min do dia 21 de setembro de 2021. Os interessados devem ficar atentos para não perder o prazo.

Ao todo, serão ofertadas 36 vagas mais cadastro de reserva para os cargos de nível médio e superior. A seleção será realizada por meio de prova de títulos, de caráter eliminatório e classificatório.

Os candidatos aprovados no PSS serão contratados por um período de 12 meses, admitida a prorrogação, desde que a sua duração total não ultrapasse o prazo de 24 meses.

O candidato poderá optar por até dois cargos no PSS. Para o cargo de coordenador administrativo, é preciso ter ensino superior em qualquer área do conhecimento (duas vagas); para coordenador técnico é necessário ter ensino superior completo em Serviço Social ou Psicologia (1 vaga); para supervisor de equipe, o requisito é ter ensino superior completo em Serviço Social, Psicologia, Direito, Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Pedagogia (quatro vagas); e para o cargo de visitador social, é preciso ter nível médio (29 vagas). Mais duas vagas serão destinadas a pessoas com deficiência.

Documentação

Todos os documentos anexados para fins de análise deverão estar perfeitamente legíveis, corretamente classificados e, exclusivamente, no formato PDF. Não serão aceitos documentos enviados em qualquer outro formato.

Para mais informações é só acessar o Edital e o link do PSS na página da Semas .

O programa

O Criança Feliz é uma iniciativa do governo federal que apoia e acompanha o desenvolvimento infantil integral na primeira infância (crianças de 0 a 6 anos de idade). O programa se desenvolve por meio de visitas domiciliares que buscam envolver ações de saúde, educação, assistência social, cultura e direitos humanos.