Emoção marca a comemoração de 18 anos do Hospital de Emergência do Agreste.

A solenidade festiva pelo 18º aniversário da unidade hospitalar aconteceu nesta sexta (30).

Por Ranjelio 30/07/2021 - 20:21 hs
Foto: Assessoria

Cores, sabores e emoção na comemoração pelos 18 anos de existência do Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca. A solenidade festiva pelo 18º aniversário da unidade hospitalar aconteceu nesta sexta (30), no refeitório do órgão, e deixou explícito o carinho que os servidores, dos mais antigos aos novatos, têm com o trabalho humanizado e de excelência do maior hospital público do interior de Alagoas.

“Aqui é uma bênção”, disse sorrindo Sílvio Romero, de 58 anos, integrante do Apoio Social e servidor do HEA há 18 anos.

A então Unidade de Emergência do Agreste foi inaugurada em 18 de julho de 2003. De lá pra cá foram mais de 740 mil atendimentos. Virou Hospital de Emergência do Agreste graças a ampliação para 120 leitos de traumas. Em relação a tratamento de pacientes com a Covid-19, o HEA abriu as portas para 100 novos leitos, sendo 60 clínicos e 40 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Concedeu 1.615 altas médicas com vencedores diante da Covid-19.

Além da ortopedia, a unidade hospitalar oferece à população do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco, a cirurgia geral, cirurgia vascular, cirurgia plástica, clínica médica, odontologia, oftalmologia, dermatologia, radiologia, neurologia, fisioterapia, anestesiologia, nefrologia, urologia, nutrição, psicologia e infectologia.

O fato do hospital praticamente se dividir em dois, durante a pandemia, visando continuar o atendimento de vítimas de traumas e passar a atender pacientes com Covid-19, ganhou referência no bolo comemorativo. Profissionais, ambulância, equipamentos, Árvore da Vida, não passaram despercebidos pela cake designer Neide Oliveira.

“Conheço várias pessoas que já precisaram de atendimento aqui e ficou fácil fazer o designer do bolo. Entre as principais referências está o sentimento de sempre buscar a cura, oferecendo tratamento com amor e cuidados aos pacientes”, afirmou Neide.

Solenidade – O assessor administrativo do Hospital de Emergência do Agreste, Paulo Pereira, ressaltou o espírito de equipe dos servidores do HEA. “Nós temos uma peculiaridade que é ajudar, apoiar, colaborar uns com os outros. Esta valorização entre companheiros de trabalho resulta num serviço diferenciado para os pacientes. Muitas pessoas me ajudaram a entender como funciona o hospital, e eu levo este espírito colaborativo pra minha vida pessoal. Lições do Hospital de Emergência do Agreste”, revelou.

O diretor-médico da unidade, Vanderly Rezende, que está desde o começo dessa história, citou como a união das equipes transformou o hospital numa família. “Chegamos há 18 anos. Vimos e ajudamos o HEA a se desenvolver. Soubemos de filhos de colegas de equipe nascendo, estudando, famílias sendo estruturadas e tirando o sustento daqui do Hospital. Sou muito feliz de fazer parte dessa história junto com pessoas tão dedicadas e que fazem o hospital de emergência se destacar como referência em tratamento de trauma e Covid-19. Parabéns a todos nós que fazemos a rotina do hospital ser, diariamente, salvar vidas”, disse.

Roseli Rocha é uma das profissionais mais experientes do Hospital. Atualmente é coordenadora do Qualidade de Vida do Trabalhador (QVT). “O HE do Agreste é minha casa. A gente se dedica tanto, se esforça tanto, justamente para que tudo funcione da melhor maneira possível”, salientou.

Emocionada, Gisela Luiza Ferreira, coordenadora do Centro Cirúrgico do Setor de Trauma do HEA, ressaltou que o último ano foi de muitos desafios profissionais e pessoais. Ela citou que o trabalho humanizado aflorou, ainda mais, quando o Hospital, especializado em traumas, estendeu os atendimentos para pacientes com Covid-19.

“Tem sido um esforço enorme, mas, nos unimos para salvar a maior quantidade de pessoas. Salvar ainda mais. Nada se compara ao que foi feito neste último ano. E é com muita emoção que a gente recebe as informações sobre como o hospital consegue se destacar, salvando vidas de vítimas de traumas e de Covid-19″, afirmou Gisela.

Para Bárbara Albuquerque, gerente-geral do HE do Agreste, toda esta união e satisfação em fazer parte da equipe, reflete nos índices e reconhecimento alcançados pelo hospital. “O Hospital está sempre em destaque, porque nossas equipes são sensacionais. Temos os melhores profissionais em todos os setores. Dedicados e apaixonados em salvar vidas”, comemorou Bárbara.

O hospital foi inaugurado em 18 de julho, mas por questão de logística, o “bolinho” ficou pra este dia 30. Os pensamentos positivos durante o “Parabéns a você” percorreram os corredores do hospital e tocaram os corações de profissionais, pacientes e acompanhantes, acolhendo e abraçando cada um, abrindo novos capítulos na vida do HE do Agreste.