HEA 18 anos: O primeiro paciente e um amor pra toda vida.

Juciele Valeriano se casou com o primeiro paciente atendido.

Por Ranjelio 24/07/2021 - 21:01 hs
Foto: Assessoria

AMOR com letras maiúsculas. É assim que os profissionais do Hospital de Emergência do Agreste (HEA) atuam, há 18 anos, no atendimento a cada paciente atendido. Isso porque, todo profissional sabe que, amar a profissão escolhida, é imprescindível para desempenhá-la com eficiência. E quando essa eficiência salva o paciente e, ainda, conquista o seu coração? Parece algo inusitado ou enredo de uma obra de ficção, mas, na sétima e última reportagem da Série “HEA: Há 18 anos salvando vidas”, você vai conferir a história da enfermeira que conquistou o coração do primeiro paciente que atendeu e, há 18 anos, está casada com ele.
O destino prega peças. O amor não mede esforços para aproximar corações, mesmo nas situações mais inusitadas. Há 18 anos, Juciele Valeriano comemorava a aprovação no concurso da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e trabalharia na então Unidade de Emergência do Agreste (UEA), em Arapiraca. Primeiro emprego, concursada como técnica de enfermagem, com 19 anos.
Muita emoção para o primeiro plantão. O primeiro paciente da UE do Agreste foi justamente no plantão dela. Colisão moto x bicicleta. O paciente, Osmar Albuquerque teve Trauma Crânio Encefálico (TCE) leve. Passou a noite internado e dizendo para todos os profissionais que iria casar com a uma das técnicas de enfermagem do hospital. Ele dizia diretamente para Juciele que eles viveriam juntos para sempre.
Juciele ouviu os gracejos e levou na brincadeira. Osmar foi transferido para o então Pronto Socorro em Maceió, no dia seguinte. Um mês depois, num evento em Arapiraca, Osmar abordou Juciele:
– Lembra de mim?
– Osmar, tudo bem? Não me diga que já está andando de moto?
– Estou sim.
O diálogo se estendeu para uma despedida, apesar dos apelos de Osmar para Juciele ficar mais um pouco no evento.
“Ele me seguiu para descobrir onde eu morava e, no dia seguinte, passou a mandar flores e chocolate!! Conquistou toda minha vizinhança. Todo mundo adorava o Osmar. Até que me rendi aos encantos e ele conquistou meu coração”, revelou uma apaixonada Juciele.
O resultado do esforço e romantismo de Osmar: São casados há 18 anos e têm duas filhas.
“O primeiro paciente da UE do Agreste é o amor da minha vida”, declara Juciele, que também investiu nos estudos e se formou em Enfermagem. Assim, além do primeiro emprego, o HEA lhe proporcionou conhecer o amor da sua vida.