Prefeitura de Arapiraca e UFAL traçam novas estratégias, mesmo com a queda nos casos de Covid-19 no município.

Vice-reitora Eliane Cavalcanti e equipe do Laboratório de Biologia Molecular foram recebidas pelo prefeito Luciano Barbosa, nesta quarta-feira (21).

Por Ranjelio 23/07/2021 - 16:09 hs
Foto: Assessoria

O prefeito Luciano Barbosa recebeu, na tarde desta quarta-feira (21), a vice-reitora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), professora Eliane Cavalcanti, para definir novas estratégias de trabalho conjunto, desenvolvido entre a Secretaria Municipal de Saúde e a equipe do Laboratório de Biologia Molecular e Expressão Gênica (Labmeg), do campus de Arapiraca.

Desde maio deste ano que a parceria incluiu a disponibilização de testes para detecção e prevenção da Covid-19, por meio da realização de testes RT-PCR, que é o mais eficiente para verificar a presença ou não do vírus nas pessoas.

O encontro desta quarta-feira, ocorrido no Centro Administrativo Municipal, contou com a participação da secretária de Saúde, a médica-infectologista Luciana Fonseca; secretário-adjunto Sérgio Newton;o coordenador de Epidemiologia, o enfermeiro e sanitarista Evandro Melo Júnior; a coordenadora de Atenção à Saúde, enfermeira Jackeline Barbosa; a superintendente de Vigilância em Saúde, Aglaí Tojal; além da secretária municipal de Gestão Pública, Ariluce Cerqueira.

Também participaram da reunião, a coordenadora do Laboratório de Biologia Molecular e Expressão Gênica (Labmeg), do campus de Arapiraca, professora Karol Fireman, e o vice-coordenador, professor Abel Barbosa.

Na ocasião, a secretária de Saúde, a médica-infectologista Luciana Fonseca, revelou que Arapiraca registra queda de 47% nos casos de Covid-19. Ela também adiantou que estão sendo realizados cerca de 40 testes RT-PCR por dia, e a campanha de vacinação já conseguiu imunizar mais de 50% da população de Arapiraca.

Para o prefeito Luciano Barbosa, o trabalho das equipes com o avanço da imunização, aliado ao acompanhamento dos pacientes, estão favorecendo a queda no número de casos da doença no município.

“É importante que esse monitoramento seja mantido para que possamos avaliar, juntamente, a situação do momento e planejarmos ações futuras”, acrescentou o prefeito.